Visita do Presidente da Academia Chinesa da Ciências (CAS) ao Programa Embrace/INPE

No dia 07 de maio de 2015, o Programa de Estudo e Monitoramento Brasileiro do Clima Espacial (Embrace) teve a honra de receber a visita do Ilmo Presidente da Academia Chinesa da Ciências (CAS, do inglês Chinese Academy of Sciences), Dr. Bai Chunli, acolhido pelo Ilmo Diretor do INPE, Dr. Leonel Fernando Perondi, às suas instalações para celebrar a instalação do Laboratório Sino-Brasileiro de Clima Espacial.

Nesta ocasião, Dr. Bai Chunli pode verificar o progresso adequado da Cooperação entre o Programa Embrace/INPE e o Projeto Meridiano/NSSC. A instalação do centro de dados conjunto foi concluída em Cachoeira Paulista juntamente com a conexão em tempo real para o Centro de Dados do Embrace/INPE em São José dos Campos-SP, que se estenderá ao Centro de Dados do Centro Nacional para Ciência Espacial (NSSC, do inglês National Space Science Center), em Pequim.

“Esta tarefa tem sido um desafio, pois estamos estabelecendo uma conexão direta para troca de dados entre dois continentes. Felizmente, apesar das dificuldades temos logrado êxito nesta tarefa, especialmente devido nossa parceria com a Divisão de Geração de Imagens e com a Coordenação de Sistemas de Informática do INPE”, declara Dr. Marcelo Banik, Gerente de Operações do Programa Embrace/INPE.

Além disso, foi anunciado o início dos processos para a construção do centro de instrumentação para investigação do espaço a ser instalado na unidade do INPE em Santa Maria, na localidade do Pains, terreno cedido pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) ao INPE dentro do Convênio INPE-UFSM.

Dr. Clezio Marcos De Nardin, Gerente Geral do Programa Embrace/INPE, declarou que “esta parceria tem marca do sucesso, pois temos negociado os termos desta cooperação internacional com a China desde março de 2010 e tudo que propusemos vem sendo cumprido a risca por ambos os lados.” Esta parceria já tem planos de expansão: “Além dos instrumentos de solo que estão em fase de compra, o Programa Embrace/INPE e o Projeto Meridiano/NSSC já tem previstos a discussão sobre um satélite de Clima Espacial de órbita equatorial que já consta no Plano Decenal Brasil-China assinado pelos presidentes dos dois países no ano passado”, declara Dr. Joaquim Eduardo Rezende Costa, Gerente de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação do Programa Embrace/INPE.

Para finalizar a visita, Dr. Bai Chunli plantou um Manacá da Serra (Tibouchina mutabilis) ao lado da entrada principal do INPE, “uma árvore que esperamos que floresça como vem florescendo nossa parceria”, declara Dr. Clezio Marcos De Nardin.

A lista completa dos presentes à cerimônia de celebração é a demais autoridades:

Chinese Academy of Sciences (CAS)

Bai Chunli – Presidente

Tan Tieniu – Sub-Secretário

Sun Hui – Diretor do Escritório de Cooperação Internacional para América e Oceania

National Space Science Center (NSSC)

Wang Chi – Diretor Substituto

Li Xiaoyu – Diretor do Escritório de Cooperação Internacional

Yan Zaen Zhuong – Engenheiro

Liu Zhengkuan – Coordenador do Laboratório Sino-Brasileiro de Clima Espacial

C. de Meneses – Pesquisador

Sheila Huang – Secretária

Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Leonel Fernando Perondi – Diretor Geral

Clezio Marcos De Nardin – Gerente Geral do Programa Embrace/INPE

Joaquim Eduardo Rezende Costa – Gerente de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação

Marcelo Banik – Gerente de Operações

Thelma Krug – Chefe do Escritório de Cooperação Internacional

Rozane da Silva e Fonseca – Escritório de Cooperação Internacional

Dr. Odim Mendes Junior – Vice Coordenador da Coord. Ciência Espaciais e Atmosféricas

Haroldo Fraga de Campos Velho – Conselheiro Embrace/INPE

Ezzat Selim Chalhoub – Chefe do Laboratório de Matemática Aplicada e Computação Científica

Rubens Gatto – Chefe da Divisão dos Sistemas de Solo

Ivan Márcio Barbosa – Chefe da Divisão de Geração de Imagens

 

Os comentários estão indisponíveis